sábado, 29 de setembro de 2018

Policial militar mata ex-mulher, o filho e comete suicídio em SC

Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br: Os assassinatos ocorreram na frente dos familiares das vítimas, incluindo outro filho de Elenir de apenas 9 anosPolicial militar mata ex-mulher, o filho e comete suicídio em SCpolicial militar identificado como Delmar Camargo, de 45 anos, matou a tiros a ex-companheira Elenir Teresa Ottowicz, de 42 anos, e Davi Ottowicz Camargo, de 3, e depois tirou a própria vida na noite da última sexta-feira(28), em Camboriú, Santa Catariana. Informou a corporação ao portal G1.                                                                    Delmar era cabo da PM em Itajaí, outro município do estado de SC, e estava em processo de exclusão da corporação, segundo informou o tenente Tiago Ghilardi, do 12ª Batalhão da PM.
O crime que ocorreu por volta das 23h começou ainda de manhã quando Delmar, que estava há seis meses separado da ex-companheira, foi a casa de Elenir para buscar o filho. Ele teria aparecido na residência com um buquê de flores, enquanto familiares da ex-mulher faziam um churrasco. O cabo teria entrado no apartamento, mas devido as várias insistências em reatar o relacionamento ele acabou sendo colocado para fora do apartamento.
Quando estava do lado de fora, Camargo deu dois tiros na fechadura, e arrombou a porta do apartamento. Em seguida ele deu uma coronhada na ex-companheira e quando ela estava no chão, acertou dois tiros em sua cabeça. Depois ele se dirigiu ao quarto do filho Davi, e também disparou na cabeça do menino, em seguida ele se matou, também com um tiro.
Os assassinatos ocorreram na frente dos familiares das vítimas, incluindo outro filho de Elenir de apenas 9 anos.
Testemunhas disseram à NSC TV que os casos de violência doméstica eram recorrentes no relacionamento dos dois, e boletins de ocorrência já haviam sido registrados contra o PM.
A Polícia Militar relarou ao portal G1 que vai instaurar um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o caso.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais uma pessoa contaminada por bactéria rara é transferida à UTI após consumo de milho verde, em RO

Segundo o site https://g1.globo.com: Mulher estava internada no Heuro e, após piora no quadro, a equipe médica optou por também interna-lá n...